Prefeito renuncia mandato por se achar incapaz de combater corrupção

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Um fato surpreendente aconteceu no cenário político do município de São Jorge do Oeste, no sudoeste do Paraná. O prefeito eleito renunciou após 308 dias no cargo alegando que se achava incapaz de combater a corrupção. “Sempre desejei um município livre da corrupção e injustiças, mas me sinto incapaz de exercer tal função”, disse o gestor Lori Gaio (PV) em sua carta de renúncia enviada à Câmara Municipal. Como o presidente da Casa, Osmar Marmitt, está em viagem, o pedido só deve ser analisado no seu retorno.

Depois de ter experimentado por tão pouco tempo como é administrar uma cidade, Lori Gaio retorna ao cargo de um simples agricultor, acreditando que ainda pode como cidadão de bem, “contribuir para um município melhor”, segundo palavras do mesmo.

O vice-prefeito Gilmar Paixão (PT) deve ser empossado para concluir o mandato. A notícia causou espanto em todos os moradores da cidade.

Fonte: Redação/ G1

OUTRAS NOTÍCIAS