Tempo - Tutiempo.net

Presidente espanhol defende parceria com Lula e com o Brasil contra o avanço da extrema direita global

Presidernte Espanhol e Lula

O presidente espanhol Pedro Sánchez defendeu enfaticamente uma parceria entre seu país e um Brasil democrático, sob a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Sanchez recebeu Lula durante uma hora e meia, no Palácio de Moncloa, em Madri, nesta manhã, e disse que é vital lutar contra o avanço das forças de extrema direita, como o bolsonarismo, no Brasil, e o Vox, na Espanha. Segundo Sanchez, a extrema direita atua para quebrar os consensos mínimos necessários para a vida democrática.

No encontro, Sánchez também destacou que a Espanha tem sido, nas últimas décadas, o segundo país que mais investe no Brasil.

Empresários espanhóis que participaram da agenda de Lula na Espanha relataram que veem com muito desalento o fato de o Brasil ter se transformado num país muito mais triste nos últimos anos.

Em sua fala, Lula destacou que o Brasil voltará a participar do concerto das nações e disse que a parceria entre União Europeia e América Latina é essencial para evitar uma nova Guerra Fria entre Estados Unidos e China e para a construção de um mundo multipolar.

Antes da viagem à Espanha, Lula foi recebido pelo presidente francês Emmanuel Macron e pelo futuro chanceler alemão Olaf Scholz, sendo recebido como estadista – o que contrasta com a condição de pária internacional de Jair Bolsonaro.

BRASIL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS