Tempo - Tutiempo.net

SE DUQUE DISSER O QUE SABE, A REPÚBLICA TREMERÁ

Todas as atenções em Brasília nesta quinta-feira (19) estão voltadas para o depoimento do ex-diretor de serviços da Petrobras Renato Duque à CPI (comissão parlamentar de inquérito) que investiga desvios de verba na estatal.

 

Vice-presidente da CPI, o deputado federal baiano Antônio Imbassahy, do PSDB, é um dos que vão inquirir o suspeito de receber propina no esquema de corrupção. Ele afirma que espera novas revelações sobre o caso.

 

“Com certeza vai aparecer mais lama. Se o depoimento de Barusco nos deixou estarrecidos, imaginem o que o chefe dele pode falar. Ele é suspeito de repassar dinheiro da Petrobras para os cofres do PT”, disse o tucano em entrevista à rádio CBN Salvador nesta manhã.

 

Renato Duque pode preferir não se pronunciar, mas a expectativa é de que ele fale aos parlamentares. “Se ele disser o que sabe, a República vai tremer”, aposta Imbassahy.

 

A ida do ex-diretor à Câmara dos Deputados foi permitida após a revogação excepcional de uma norma que proíbe presos de prestarem depoimentos na casa legislativa. Duque está detido na carceragem da Polícia Federal no Paraná e chegou à capital federal para depor hoje cedo.

Fonte: Brasil 247

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS