Vereador fala sobre adiamento do seu projeto

Vereador Alberto Nery concedeu entrevista para o Programa Jornal da Povo sobre o adiamento pela 5ª vez pela Câmara Municipal de seu projeto que altera o dispositivo da Lei 2.397/2003. Pelo projeto, motoristas do transporte coletivo de Feira de Santana não poderão acumular as funções de cobrador nos micro-ônibus.
Para o vereador, não procede a alegação dada pelo líder do governo para o adiamento de que existe um outro projeto na Casa, “Na verdade, existe um outro propósito já que houve muito tempo para se fazer todas as análises pois desde fevereiro o objeto tratado foi apresentado. Na verdade como a Plenária estava cheia, os vereadores não quiseram se expor para à sociedade”, diz Nery.
Sobre a manifestação que acontece nesta quarta-feira (08), o edil afirma que não há motivos para se fazer greve, por isso, já entrou em contato com o representante da categoria. Segundo ele, o momento é de batalhar para que essa campanha seja vitoriosa. A greve seria a última alternativa.
O próximo passo agora é conversar com os vereadores para que entendam que este projeto é voltado para o benefício não só da classe de motoristas como também para toda a sociedade feirense, afirmou.

 

Crédito das imagens: Edicarlos Silva

 

Fonte: Por Edicarlos Silva e Lizangela Veiga

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS