Contas municipais estão sob controle

Segundo o secretário da Fazenda, Expedito Campodônio, as contas municipais estão sob controle. Em audiência pública na Câmara Municipal, na tarde desta quarta-feira (29) foi apresentado o relatório de avaliação das metas fiscais relativas ao primeiro quadrimestre de 2013, como previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.De acordo com ele, são boas as perspectivas para o próximo quadrimestre. O secretário apresentou didaticamente aos vereadores e presentes à sessão todas as contas municipais e mostrou como a administração conseguiu os recursos necessários que serão aplicados no pacote de obras apresentado no dia 23.

“A determinação foi economizar. Foram realizadas renegociações de contratos (de prestação de serviços) com redução dos valores, suspensão temporária dos contratos com as empresas terceirizadas (que prestam serviço à Prefeitura) e agilizada a cobrança da dívida ativa”, afirmou Expedito Campodônio.

As despesas correntes programadas para o período foi de R$ 129.813. Mas a austeridade do período gerou uma economia de R$ 62.883 milhões. “O governo adotou medidas para o controle das despesas e adotou os procedimentos para atingir os objetivos”. O superávit nas contas é aplicado em obras.

No pacote estão previstas construções de escolas e creches, passarela, unidades de saúde e pavimentação de ruas. O investimento será de aproximadamente R$ 56 milhões. Ele também apresentou o quadro de despesa com pessoal, que chegou a 49,34% – o limite legal é de 54% e o prudencial, 51,30%. Os inativos atingiram 7,73% – o limite máximo é 12%. O resultado primário (tudo que se arrecada) chegou a R$ 66,9 milhões.

Fonte: Redação / Secom

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS