Tempo - Tutiempo.net

Estudantes de Catu avançam na terceira fase da 14ª Olimpíada Nacional em História do Brasil

Estudantes do Clube de História de Catu

Doze estudantes do Colégio Estadual Maria Isabel de Melo Góes, localizado em Catu, estão participando da 14ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil (Onhb), voltada para escolas públicas e particulares de todo o país.

A terceira fase foi iniciada, nesta segunda-feira (16), com um total de 11,4 mil equipes, compostas, cada uma, por três estudantes e um professor de História.

Dentre elas, encontram-se as quatro equipes da unidade escolar. Com o programa Bahia Olímpica, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) estimula a participação dos estudantes nas olimpíadas do conhecimento em toda a Bahia.

A olimpíada, que tem 582 equipes da Bahia, sendo o quinto estado com mais participações, foi iniciada no dia 2 de maio e conta com seis fases on-line, envolvendo questões de múltipla escolha e realização de tarefas.

A 4ª fase será realizada de 23 a 28 de maio; a quinta, de 30 de maio a 4 de junho; e a sexta, de 6 a 11 de junho. A divulgação das equipes selecionadas para a fase final pela comissão organizadora será no dia 16 de junho.

A fase final e a grande final presencial acontecerão, respectivamente, nos dias 20 e 21 de agosto, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em Campinas (SP).

Segundo o professor de História e diretor da escola, Delmaci de Jesus, a participação acontece em função do Clube de História, que é um grupo de estudos que visa reunir estudantes para pesquisar temas relacionados às Ciências Humanas.

“Ser orientador na Onhb é motivo de orgulho, uma vez que a metodologia da olimpíada promove o ensino de História em uma perspectiva crítica, incentivando a leitura, interpretação e debate de ideias. Estou participando pela sexta vez e oriento quatro equipes, juntamente com a monitora Vitória Araújo, que é ex-estudante do colégio.

As equipes avançaram para a 3ª fase e, durante a semana, iremos discutir 12 questões e ir em busca da vaga na 4ª fase”, explicou.

O estudante Wallace Felipe Romano Júnior, 16, 3º ano do Ensino Médio, afirmou que participar da olimpíada está sendo uma experiência integradora.

“A olimpíada tem me possibilitado tratar de temas muito importantes na atualidade, como a questão da mulher, além de racismo, arte, preconceito e indígenas, entre outros. A Onhb instigou minha pesquisa e capacidade de interpretação”.

A estudante Giuliana Santos, 17, 1° ano do Ensino Médio, disse que a sua equipe está empenhada para chegar à grande final.

“Participar da olimpíada vem nos proporcionando aprendizagens significativas e a possibilidade de estudar História em um viés crítico e de construção de conhecimentos. A participação voluntária da ex-aluna Vitória é um exemplo concreto de que nós, estudantes, somos transformados de forma positiva a partir da nossa ação na Onhb”.

Ascom/SEC

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS