Governo federal não repassa vacina contra hepatite B e estoque nos postos é zerado

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Falta vacina contra hepatite

A vacina contra hepatite B, doença infeccional causada por um vírus, está com estoque zerado na rede municipal de Feira de Santana – bem como em outras partes do país. E não há previsão de reabastecimento.

O governo federal, responsável pelo repasse, há algumas semanas não está fazendo o abastecimento do imunizante, que faz parte da rotina vacinal de crianças e adultos – a demanda é considerada alta. O ciclo é completado com três doses.

É obrigatória para grávidas e recém-nascidos, pessoal que trabalha na área da saúde e exigência das empresas quando da contratação de empregados. De acordo com o enfermeiro da Rede de Frio da Secretaria de Saúde, Carlos Henrique, ainda não se tem informações sobre quando o reabastecimento será realizado.

O governo federal repassa o imunizante para a Secretaria de Saúde do Estado, que envia para a Regional Centro Leste, antiga 2ª Dires, que o manda para as secretarias de saúde dos municípios, que o envia para as unidades de saúde.

Outro problema é com a vacina tetravalente – indicada contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela. “As crianças estão tomando duas vacinas para serem imunizadas”, explica o enfermeiro. Aplica-se a tríplice mais a contra varicela. O inconveniente são as duas agulhadas.

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS