Igreja católica não aprova antecipação da Micareta

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A proposta de antecipar a Micareta 2014 para o período de 10 a 13 de abril, ao invés de 24 a 27 do mesmo mês, como previa a programação, não teve a aprovação da Igreja Católica. Em reunião com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Jailton Batista, e o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana (ACEFS), Marcelo Alexandrino Souza, na tarde desta segunda-feira (7), o arcebispo metropolitano Dom Itamar Vian ponderou que além de ser período da Quaresma, a festa terminaria já na Semana Santa.

“A Igreja não interfere nas decisões profanas, mas nossa opinião é que não se realize nesse período”, disse Dom Itamar, alertando que trata-se de uma questão delicada e que uma vez aberto o precedente poderia ter uma repercussão não somente nacional, como até junto ao Vaticano. O arcebispo afirmou ainda que nos 18 anos que vive em Feira de Santana nunca teve conhecimento de a Micareta acontecer durante a Quaresma, conforme chegou a ser comentado durante reunião para discutir a proposta de mudança.

O secretário Jailton Batista informou que haverá uma nova reunião com as entidades que participam diretamente da festa, para discutir outras alternativas. O objetivo, segundo ele, é encontrar solução que harmonize todos os segmentos. “Não poderíamos contrariar as tradições religiosas”, justificou, lembrando que a proposta de mudança da data foi apresentada pelas entidades representativas do comércio de Feira de Santana.

O pedido tem como argumento o fato de a data de 24 a 27 ser próxima à Semana Santa e ainda de um feriado nacional (21 de abril, Dia de Tiradentes), o que traria prejuízos para o comércio.

Fonte: Madalena de Jesus

OUTRAS NOTÍCIAS