Linhas do transporte coletivo regular já possui 90% de cobertura

Coletivo circulando em Feira de Santana

Superando as dificuldades provocadas pelo rompimento do contrato, de forma unilateral pela empresa que realizava o transporte de massa em Feira de Santana, a vencedora do processo de licitação, assinou contrato emergencial e já mantem em normalidade o funcionamento de quase 90% de todas as linhas do município.

Os 10 por cento restantes estão sendo alimentados por vans do Sistema de Transporte Público Alternativo Complementar e outras alterativas, permitidas apenas nesse momento emergencial.

Dos 170 veículos previstos para operarem emergencialmente, 107 estavam em circulação na manhã de sexta-feira (28), número que deverá ser ampliado gradativamente até atingir a totalidade, na próxima semana.

O prefeito José Ronaldo de Carvalho informou que até as substituições estão acima da previsão. “Na garagem da empresa São João já chegaram mais 15 veículos enquanto na garagem da Rosa estão ônibus estão passando por revisões e vistorias para serem liberados até a próxima segunda feira (30).”

Em caráter emergencial as linhas mais distantes da zona rural estão sendo operacionalizadas em parceria com as vans.

O sistema de transporte coletivo urbano em Feira de Santana deverá funcionar em caráter emergencial durante seis meses, sendo que após este período as empresas Rosa e São João,  assumirão definitivamente o serviço. A partir daí vão substituir os 170 ônibus usados por 270 ônibus zero quilômetro.

cljornal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS