Médico cubano que foi afastado voltará a atender nesta segunda-feira (25)

 

O médico cubano que foi afastado após ser suspeito de receitar uma dose excessiva de remédio a uma criança em Feira de Santana, voltará ao trabalho nesta segunda-feira (25). De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Comunicação (Secom) da prefeitura, o profissional foi ouvido na Secretaria da Saúde do município por uma comissão formada por representantes do Ministério da Saúde, da Secretaria da Saúde de Feira de Santana, da Coordenação Estadual do Programa Mais Médicos e pelo tutor do médico.

Segundo a nota, o médico Washington Abreu, coordenador estadual do Programa Mais Médicos, afirmou que a dosagem indicada pelo médico cubano está correta. Segundo a nota, o coordenador explicou que “as 40 gotas indicadas na receita não eram para ser ministradas em dose única, mas divididas em quatro vezes, a cada seis horas, como consta na receita, desde que a criança sentisse dor ou apresentasse um quadro febril”.

O médico explicou com detalhes à mãe da criança como administrar a medicação e que onde ele trabalhou anteriormente é comum receitar a medicação da maneira que fez, e não fracionada, como é no Brasil. Segundo Washington Abreu, os médicos do Programa Mais Médicos no estado passarão por reforço no treinamento da prescrição dos medicamentos da atenção básica.

A diarista Gilmara Santos, que levou o filho até um posto de saúde , afirmou nesta quinta-feira (21) que o atendimento do médico foi perfeito. “Ele me atendeu muito bem. Ele tratou meu filho super bem, porque tem médico que nem olha na cara da mãe e nem da criança. Ele me explicou direitinho como dar o remédio, disse ainda que a quantidade de gotas é definida a partir do peso da criança. Ele prescreveu 40 gotas, mas foi apenas um erro. Ele me disse exatamente o que eu deveria fazer, que era para dar apenas 10 gotas”, disse.

Fonte: Redação / G1

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS