Pedro Américo Lopes é o novo presidente do Conselho de Assistência Social

Fotos: ACM

Um representante governamental especialista em políticas públicas assume a presidência do Conselho Municipal de Assistência Social de Feira de Santana para o biênio 2020-2021. Pedro Américo Lopes, chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), foi eleito na tarde desta terça-feira, 03, marcando a alternância de gestão na buca por mais conquistas para a área de assistência social no município.

Diante do resultado da eleição, com voto aberto, o secretário da Sedeso, Pablo Roberto, vislumbra a possibilidade do Município de Feira de Santana continuar avançando na garantia de direitos previstos em lei viando a inclusão social dos cidadãos. “A eleição da nova gestão representou o cumprimento da Lei do SUAS, na medida em que esta prevê que sociedade civil e governo se alternarão na condução do órgão”, frisou.

Para Pablo Roberto, “é natural num processo eleitoral interno, onde presidente e vice são eleitos por maioria simples, que algumas pessoas fiquem insatisfeitas”. Mas acredita que “tudo voltará à normalidade e o processo democrático será respeitado”.

Ao Conselho Municipal de Assistência Social compete, entre outras coisas, zelar pela efetivação do SUAS no Município, zelar pela efetivação da participação da população na formulação da política e no controle da implementação e deliberar sobre as prioridades e metas de desenvolvimento do SUAS.

Entre os desafios atuais do Conselho está a consolidação do fórum de usuários e o fórum de trabalhadores. Além de ser necessário reforçar as relações entre os governos locais e a sociedade civil na defesa do SUAS, buscando garantir as conquistas arduamente conquistadas ao longo dos anos.

O presidente Pedro Américo já iniciou as atividades à frente do Conselho. “Iniciamos os contatos com os conselhos de outros municípios para fazer uma atividade conjunta e realizarmos um grande evento de articulação entre as cidades”. A nova gestão se comprometeu também a fortalecer o controle social do SUAS no âmbito do município.

Na visão do novo presidente, a união de todos é necessária. “É importante que cada usuário e cada trabalhador se reúnam pra cada território, para contribuir com o desenvolvimento social e os representantes do governo, devem unir forças e permitir que mais avanços possam ocorrer”, apontou.

Para o cargo de vice-presidente foi eleito Jackson Nunes de Oliveira, representante da sociedade civil, a quem compete assumir o Conselho nas ausências e impedimentos do titular.

PMFS

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS