Técnicos da Prefeitura vistoriam os ônibus novos. E a viagem dos vereadores?

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Técnicos vistoriam ônibus novos

Técnicos da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito(SMTT) iniciaram, na manhã desta sexta-feira, 11, a vistoria dos ônibus das empresas Auto São João e Rosa Ltda, que farão o transporte coletivo de Feira de Santana nos próximos anos. Ainda neste mês os carros estarão circulando.

Mesmo todos os veículos sendo zero quilômetro, o diretor de Transportes, Rodolfo Suzarte, disse que a Prefeitura tem a obrigação de observar alguns itens, principalmente de segurança. “A fiscalização é obrigatória e pela qual todos os veículos devem ser submetidos”.

Na manhã dessa sexta, mais de 50 veículos estavam estacionados na garagem da Rosa Ltda, no Sítio Mathias, região do Tomba. A empresa vai operar com 135 ônibus.

De acordo com o coordenador operacional da empresa, Aduilson Varanda, outros nove estão a caminho de Feira de Santana.

“Não é permitido comboio nas estradas federais, mas todos vão estar na cidade antes da data acordada para início das atividades”.

Vistoriador e engenheiro mecânico, César Aguiar disse que a fiscalização, por se tratar de veículos novos, será diferenciada, e rápida, quando comparada à realizada na atual frota.

“Os veículos não apresentam problemas e será realizada (a vistoria) à medida que os veículos cheguem nas garagens”.

São observadas as condições do tacógrafo, que é o aparelho que registra graficamente a velocidade do veículo, a catraca e verifica a numeração do chassi.

SECOM/FEIRA

A equipe do cljornal pergunta aos vereadores que realizaram uma viagem à fábrica da CAIO, depois que os ônibus já estavam vindo para Feira de Santana, com con vidados e recursos da própria câmara, ou seja, do povo, com a intenção de vistoriar e fiscalizar os ônibus, podem justificar fazer  essa despesa, esse gasto desnecessário de que forma?

Quais os técnicos, nessa área,fizeram parte da comitiva?

Vamos dizer: Nenhum.

Próximo, mas distante tecnicamente estavam um vereador que já foi motorista de ônibus e o presidente do Sindicato da categoria, que também já deve ter sido motorista de ônibus. Radialistas, jornalistas e blogueiros, estes não têm culpa, receberam um convite e aceitaram.

O povo até hoje não engoliu essa viagem e os comentários são os mais desabonadores possível. E viva o dinheiro do povo.

Redação cljornal.

OUTRAS NOTÍCIAS