Tempo - Tutiempo.net

BR-101 no extremo sul da Bahia é parcialmente interditada e tem ao menos 30 cidades em situação de emergência

Rio do Peixe invadiu a BR 101

A BR-101, uma das principais rodovias do país, teve trechos interditados no extremo sul da Bahia, por causa das fortes chuvas que atingem a região. A situação afetas as cidades Itamaraju, Eunápolis e Itabela.

Além de ter ao menos 30 cidades em situação de emergência por causa das fortes chuvas

Entre os municípios de Eunápolis e Itabela, a situação ocorre por causa do nível do rio do Peixe, que subiu e invadiu a pista. Por causa disso, uma longe fila de veículos se formou no local.

Em Itamaraju, o caso ocorreu após o deslizamento de um barranco, no KM-820, da BR-101. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local.

No município de Medeiros Neto, também no sul do estado, um rio transbordou, alagou a cidade e casas ficaram submersas. Não há informações de feridos.

Segundo relato de moradores da região, uma ponte da cidade ameaça cair. Um homem, que não foi identificado, ficou impressionado com a situação, registrou imagens nas redes sociais e lamentou.

“É inacreditável o que a gente está vendo aqui! Meu Deus do céu”, diz.

Cidade de Medeiros Neto

 Outras cidades

Já na quarta-feira (8), cidades da região sul da Bahia amanheceram com estragos provocados pela chuva que atinge vários municípios, desde a noite de terça (7).

A situação mais grave é registrada em Jucuruçu, onde os rios Gado Bravo e Jucuruçu transbordaram e causaram sérios transtornos, deixando famílias desabrigadas. Alguns moradores foram resgatados de uma enchente com o auxílio de um colchão inflável.

Não há informações sobre feridos, no entanto, o poder público estima que mais de mil pessoas foram afetadas pela enchente e precisaram sair de suas casas, por causa dos riscos de desabamento.

A prefeitura disponibilizou locais para receber os desabrigados: Escola Estadual, Creche Municipal, Secretaria de Educação e Auditório Municipal.

Já em Itamaraju, três pessoas da mesma família morreram soterradas e ao menos seis casas desabaram após um barranco deslizar. As vítimas estavam dentro de um dos imóveis.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS