Tempo - Tutiempo.net

Globo decreta falência de sucursal e demite todos os funcionários

Sucursal da TV Globo em Dracena fecha as portas por falência

Em uma medida emergencial para reduzir seus custos de operações, a TV Fronteira, afiliada da Globo em Presidente Prudente (SP), fechou sua sucursal na cidade de Dracena e demitiu todos os funcionários que trabalhavam no Jornalismo e faziam entradas diárias nos noticiários locais.

A equipe de reportagem era enxuta: contava apenas com uma repórter, um produtor e um cinegrafista.

Na última segunda-feira (18), eles foram comunicados de seus desligamentos e também sobre o encerramento das atividades da sucursal.

Os ex-funcionários faziam parte de um grupo de jornalistas da região e comunicaram aos colegas sobre o que havia ocorrido na sucursal da afiliada da Globo.

A notícia caiu como uma bomba entre os profissionais, já que a emissora não apresentava nenhum indício de que havia problemas com sua situação econômica.

A repórter Mariane Santos, que atuou na emissora por quase dez anos, comunicou em suas redes sociais sobre seu desligamento e avisou que aproveitará o momento para dar uma pausa na carreira para cuidar de sua saúde e de sua família.

“Os desligamentos na sucursal de Dracena decorrem da estratégia empresarial da TV Fronteira de reestruturação do jornalismo, que continuará atendendo a cidade e região, a partir de um novo formato”, disse a emissora em nota enviada à coluna.

A TV Fronteira existe há 28 anos em Presidente Prudente e abrange 56 cidades da região oeste do Estado de São Paulo.

A sucursal em Dracena foi aberta pouco tempo depois, com uma estrutura um pouco maior que a mantida nos últimos anos.

Gabriel Perline

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS