Tempo - Tutiempo.net

Governador afasta oficial da PM que comandou repressão a manifestantes no Recife

Redação Pragmatismo Redação Pragmatismo Editor(a) NOTÍCIAS29/MAI/2021 ÀS 18:54COMENTÁRIOS Governador afasta oficial da PM que comandou repressão a manifestantes no Recife Paulo Câmara, governador de Pernambuco, afasta oficial da PM que comandou violência contra manifestantes do 'Fora Bolsonaro' manifestantes pm recife bolsonaro Ato pacífico contra o governo Bolsonaro foi reprimido com violência pela PM no Recife (Imagens: Hugo Muniz) O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), pune militar

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), se pronunciou sobre a ação repressiva da Polícia Militar para dispersar a manifestação contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido), realizada no centro do Recife na manhã deste sábado (29).

Na ocasião, foram disparados tiros com bala de borracha e spray de pimenta na direção dos manifestantes, atingindo também a vereadora Liana Cirne (PT).

O governador afirmou que o comandante e demais policiais militares envolvidos na ação violenta foram afastados das funções e serão investigados.

Mais cedo, a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos (PCdoB), afirmou que a dispersão do protesto, que ocorria de forma pacífica, não foi autorizada pelo governo do estado.

“O oficial comandante da operação, além dos envolvidos na agressão à vereadora Liana Cirne, permanecerão afastados de suas funções enquanto durar a investigação. Sempre vamos defender o amplo diálogo, o entendimento e o fortalecimento de nossas instituições dentro da melhor tradição democrática de Pernambuco”, afirmou o governador.

O governador, no pronunciamento, não deixa claro se quem vai ser afastado é o grupo que agrediu Liana ou todos os policiais que atiraram contra os manifestantes de forma arbitrária.

Paulo Câmara disse, ainda, que sempre praticou, como governador do estado, os mesmos princípios que defende como cidadão e como democrata.

“Repudiamos todo ato de violência, de qualquer ordem ou origem. Sobre o ocorrido durante manifestação no Centro do Recife, na manhã deste sábado, determinei a imediata apuração das responsabilidades. A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social já instaurou procedimento para investigar os fatos”, disse.

RPP

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS