Homem mata ex-sogra em Riachão de Jacuípe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A dona de casa Iraildes Santos da Silva, de 50 anos, foi morta com um tiro de espingarda de socar (chumbo), deflagrado pelo ex-genro Elielson Conceição, conhecido pelo apelido de “Fuminho”, na comunidade de Barreiros, em Riachão do Jacuípe. O crime ocorreu na noite de sábado (31).

 

Testemunhas relataram que a vítima estava sentada na frente de casa, na companhia da filha, que estava com uma criança no colo e mais um vizinho, quando “Fuminho” chegou dizendo que ia matar a ex-mulher. O vizinho tentou intervir afastando Elielson, que se virou de repente e atirou na direção da residência, atingido a ex-sogra.

 

Depois que tomou conhecimento da morte da mulher, o acusado fugiu seguindo em direção a Retirolândia, onde reside sua mãe. Iraildes ainda foi socorrida, mas morreu a caminho do hospital. Parentes informaram que “Fuminho” deve pensão alimentícia a ex-esposa, e que a mesma teria discutido mais cedo com o acusado cobrando a regularização da dívida. Ele já esteve preso por pequenos arrombamentos e furtos em Barreiros e Retirolândia.

 

Fonte: Redação, com informações do Complexo Policial

OUTRAS NOTÍCIAS