Mirar nos filhos, acertar no Jair: a estratégia de Dória para 2022

Lua de Mel sem cabaça nas Ilhas Maldivas

A máquina de João Dória entrou em ação.

A estratégia é clara: atirar nos filhos do presidente e acertar em Jair Bolsonaro, mas sem atacá-lo pessoalmente.

Alexandre Frota e Joice Hasselman funcionam como pontas de lança do esquema.

Júnior Bozzella, deputado federal por São Paulo, faz o meio-campo com a ala bivarista do PSL.

E a Istoé solta os podres – muitos – dos “meninos do presidente”.

Hoje, publica que os gastos com as passagens da lua de mel de mel do casamento de Eduardo Bolsonaro foram pagas com o dinheiro do fundo partidário.

“Dudu” havia dito , antes, que “um empréstimo para ir passar a lua de mel nas Ilhas Maldivas“, um paraíso entre a Índia e o Sri Lanka.

Como as passagens para lá, por cabeça, ficam entre R$ 8.500 (KLM, 57 horas de viagem, classe econômica) e R$ 42.500 (Emirates, 23h de viagem, classe executiva), o mimo pode ter custado até três meses de salário de deputado federal.

O barraco do PSL vai, pelo visto, virar um bangalô sobre atóis no Oceano Índico.

Onde só as águas são transparentes.

Fernando Brito

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS