Tempo - Tutiempo.net

Motorista de aplicativo encontrado morto foi sepultado em Salvador

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O corpo do motorista de aplicativo que foi encontrado morto após sair para trabalhar, e ficar desaparecido por três dias, foi sepultado no fim da manhã desta quarta-feira (30), no Cemitério Bosque da Paz, em Salvador.

Familiares e amigos de Renan Magalhães, que tinha 39 anos, foram até o local prestar as últimas homenagens a ele.

Renan foi encontrado na madrugada de terça-feira (29), no município de Serrinha, a cerca de 175 quilômetros de Salvador, após buscas da família e da polícia.

Ele havia sumido por volta das 5h40 do dia 26 de janeiro, ao sair de casa para uma corrida com hora marcada. Depois disso, a família não conseguiu contato com ele.

O carro da vítima foi encontrado no bairro de Pau da Lima, em Salvador, na tarde de segunda-feira (28).

A polícia esteve no local para fazer a perícia, quando os familiares de Renan registraram o caso no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Segundo a família de Renan, ele trabalhava como motorista de aplicativo desde maio de 2018.

Ele era casado e deixa esposa, que está grávida de sete meses.

A polícia está investigando a autoria e motivação do crime.

G1

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS