Mulher trans é abandonada na sala de cirurgia durante incêndio em clínica

Abandonada na mesa de cirurgia tem morte cerebral

Lorena Muniz, uma mulher trans de Recife, teve a morte cerebral confirmada neste domingo (21), dias depois de ser deixada sedada por médicos em uma sala de cirurgia durante o princípio de incêndio na clínica em que colocaria próteses mamárias.

Segundo seu marido, Washington Barbosa, informou nas redes sociais, Lorena veio a São Paulo com uma amiga para realizar o procedimento, que era seu maior sonho.

Aqui, ela chegou a receber anestesia e estava deitada na maca quando um curto circuito atingiu a clínica Saúde Aqui, na Liberdade, região centro de São Paulo.

A sedação e o curto-circuito teriam ocorrido na última quarta-feira (17), e Washington só soube do ocorrido dois dias depois, ao ver circulando nas redes sociais o vídeo de profissionais de saúde correndo para fora da clínica enquanto Lorena é deixada na sala de cirurgia.

Até o momento,  segunda feira (22), nenhuma medida investigativa foi adotada.

RPP

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS