Prefeito e vice de Itaberaba são acusados de desviar mais de R$ 1 milhão em licitações

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O Ministério Público da Bahia, através do promotor de Justiça, Thomas Luz Raimundo Brito, ingressou com uma Ação Civil de Improbidade Administrativa contra o atual prefeito de Itaberaba, João Almeida Mascarenhas Filho (PP), a vice-prefeita Maria José Santos Novais (PRP), além dos senhores Juracy dos Santos Queiroz e José Conceição da Silva, sob o argumento de que os réus teriam cometido fraudes em licitações e desvio de dinheiro público.

 

A ação foi protocolada no último dia 6 de setembro, recebendo o nº 0302852-10.2013.8.05.0112. Nesta nova demanda judicial, o órgão ministerial apurou que, nos seis primeiros meses do ano de 2009, foram desviados dos recursos da Saúde exatos R$ 1.166.040,00 (um milhão, cento e sessenta e seis mil e quarenta reais), por meio de fraudes em processos licitatórios.

 

Segundo a denúncia, o valor decorreu de dispensas indevidas de licitação realizadas pela atual vice-prefeita Maria José Santos Novais, quando ocupava o cargo de Secretária Municipal de Saúde.

 

Fonte: Política Livre

OUTRAS NOTÍCIAS