Tempo - Tutiempo.net

Prefeito manda despejar caçamba em ponto que pessoas estavam sujando em Cipó

Prefeito de cidade na Bahia manda despejar caçamba de lixo em ponto que pessoas estavam sujando — Foto: Redes Sociais

O prefeito da cidade de Cipó, município, que fica a cerca de 230 quilômetros de Salvador, Marquinhos do Itapicuru, decidiu nesta sexta-feira (21), despejar uma caçamba de lixo, em um terreno que estava sendo usado pelos moradores, como ponto de armazenamento de lixo.

Nas redes sociais da prefeitura, o prefeito contou que a ação foi uma forma de “protesto” pela falta de higiene de alguns moradores.

‘Eu venho pedindo as pessoas que deixem as casas limpas e eu peço a colaboração de todos. Eu avisei há poucos dias que eu quero deixar a cidade limpa, bonita e organizada. Quem quiser a casa limpa, vai ser limpa, agora quem quiser lixo na sua porta, vai ter lixo”, disse o prefeito, em vídeo que viralizou nas redes sociais.

Horas depois, o prefeito pediu em uma entrevista para uma rádio local, que as pessoas cuidassem melhor da limpeza urbana e listou consequências que podem ser causadas pelo descarte irregular do lixo.

“Eu quero dizer que estou tranquilo, que estou consciente de todas as decisões que estou tomando, do trabalho que estamos fazendo”, disse Marquinhos.
“Cipó é uma cidade pobre, uma cidade com 18 mil habitantes e tem gastado muito com a questão da limpeza pública. Eu não posso pegar o lixo da minha casa e colocar a hora que eu quiser na rua, porque isso causa danos, traz doenças, esse lixo quando o cachorro rasga é espalhado, quando chove cai nos bueiros”, relatou.

O prefeito ainda ressaltou que a prefeitura tem cumprido rigorosamente com a coleta diária na cidade.

“Quem quiser ter a rua limpa, seu espaço limpo vai ter, mas aquelas pessoas que quiserem ter um lixão na frente da casa ou do lado casa, não há um problema. A decisão que eu tomei hoje não é na frente do comércio do empresário, é do lado, é uma casa que está abandonada, é um portão que está lá, e lá está sendo ponto de lixo”, contou.

“Quando eu passei agora pela manhã eu disse: ‘Já que querem um ponto de lixo aqui, então vamos botar um lixo aqui”, concluiu.

G1 BA

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS