Radialista foi assassinado porque não pagou por relação sexual

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A delegada Viviane Jardim, de Itabaiana (SE), detalhou esta semana, informações sobre o inquérito que apurou o assassinato do radialista Edmilson de Jesus, conhecido como “Edmilson dos Cachinhos”, morto no dia 28 de outubro do ano passado.

De acordo com Jardim, após o crime foi iniciada a investigação, onde foram ouvidas testemunhas e iniciado os levantamentos através da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol). As informações levaram a autoria do crime e no dia 6 de novembro de 2012 foi preso José Jean do Carmo Mota, 20 anos.

“A investigação apontou que o acusado conhecia a vítima. Apuramos que a vítima trabalhava em uma padaria que era frequentada por José Jean. Algumas testemunhas informaram que Edmilson mantinha relação amorosa com homens, inclusive com menores que foram ouvidos e confirmaram a informação”, explicou a delegada.

Ainda segundo Viviane Jardim, o crime não teve motivação política. “A vítima esporadicamente utilizava telefone e redes sociais para marcar encontros. No dia do fato a vítima entrou em contato com o autor do crime por volta das 18h30m que não atendeu a ligação retornando posteriormente. Após marcar o encontro, José Jean foi até a rádio, onde aconteceu o crime”, detalhou.

Para a polícia o crime teve motivação fútil, onde a vítima marcou um encontro com o autor e após uma discussão iniciada pela falta de entendimento o acusado assassinou a vítima utilizando uma arma de fogo. “Depois de uma discussão por conta do descumprimento de pagamento por parte da vítima o acusado o assassinou”, explicou a delegada.

Fonte: tucanobr

OUTRAS NOTÍCIAS