Anvisa suspende fabricação e venda de medicamento indicado para rinite alérgica

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a fabricação e a venda do medicamento Loratadina D em comprimido, produzido pela indústria farmacêutica Pharlab. A proibição vale para todo o país.

 

O motivo da suspensão, segundo a agência, é a alteração da formulação do remédio sem autorização prévia da Anvisa. O remédio é um anti-histamínico indicado para aliviar os sintomas da rinite alérgica que tem em sua composição loratadina e pseudoefedrina.

 

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (10). A resolução inclui ainda a suspensão de um lote do remédio anti-inflamatório Cedrilax 30, também produzido pelo laboratório Pharlab. O motivo do banimento do lote 012509 do produto é o “desvio de qualidade em sua fabricação”.

 

Segundo a resolução, a empresa Pharlab deve recolher das farmácias o lote afetado do Cedrilax 30, além de todos os lotes de Loratadina D fabricados a partir de 2010. As irregularidades foram constatadas em inspeção investigativa realizada pela Anvisa na empresa Pharlab, que tem sede em Lagoa da Prata, Minas Gerais.

 

Fonte: Bem Estar/ G1

OUTRAS NOTÍCIAS