Defícit mundial de profissionais de saúde chega a quase 13 milhões, diz OMS

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Segundo relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde), o déficit na área de saúde poderá chegar a 12,9 milhões de profissionais nas próximas duas décadas. Um estudo detalhado será apresentado nesta segunda-feira (11) em Olinda (PE) durante o 3º Fórum Global de Recursos Humanos para a Saúde que acontece desde domingo (10) e tem a participação de representantes de 85 países.

Atualmente, faltam 7,2 milhões de profissionais de saúde no planeta. A OMS recomenda um mínimo de 22,8 profissionais para cada 10 mil habitantes, mas cem países têm menos de 34,5% dessa quantidade.

Segundo Marie-Paule Kieny, diretora-geral-assistente da entidade, falta esforço político para impulsionar a formação de trabalhadores na área.

Fonte: Redação

OUTRAS NOTÍCIAS