Estado e maternidade Iperba podem responder por cerca de 40 corpos de bebês sem sepultamento

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Entre 30 e 40 corpos de bebês que nasceram mortos ou que morreram logo após o parto estão armazenados no necrotério do Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba).

De acordo com reportagem do jornal A Tarde, os fetos ainda aguardam sepultamento.

A informação chegou na segunda-feira (5) à Corregedoria de Justiça do Estado, sem a confirmação do número exato de corpos.

De acordo com o desembargador Olégário Caldas, o dado será levantado pelo Ministério Público do Estado e pela 1ª Vara da Infância e da Juventude.

O pedido de autorização para os sepultamentos foi feito pela diretora do Iperba.

Apesar do requerimento, é possível que a direção do Iperba e o governo do Estado respondam, em última instância, por infração administrativa.

De acordo com o desembargador é preciso diferenciar os que morreram dos que já nasceram mortos para que os sepultamentos aconteçam.  

Fonte: Corregedoria/A Tarde/Redação

OUTRAS NOTÍCIAS