Médico dermatologista é preso acusado de abuso sexual em pacientes

Mais uma denúncia envolve médicos no estado da Bahia, o dermatologista Wesley Ferraz, de 56 anos foi preso por volta das 15h30 de sexta-feira (29), quando se encontrava no seu consultório em Porto Seguro sul da Bahia, acusado de ter cometido abuso sexual em várias pacientes.

A Delegacia Especial de Proteção à Mulher (Deam), informou que a denúncia partiu de uma das vítimas. A delegada ouviu seis vítimas de idades e classes sociais diferentes, e continua à procura de outras vítimas que aceitem oficializar a denúncia.

Segundo depoimento colhidos pela Deam, uma das vítimas foi abusada sexual a 15 anos, não fez a denúncia, a mais tempo, por vergonha e constrangimento.

O médico Wesley Ferraz clinicava em Porto Seguro, Eunápolis, Arraial da Ajuda e Teixeira de Freitas, todas cidades e localidades na região sul do Estado da Bahia.

O médico teve mandado de prisão expedido por abuso sexual e foi conduzido para o presídio de Eunápolis. A polícia continua investigando o caso, os funcionários das clínicas ainda não foram ouvidos.   

Fonte: Redação cljornala

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS