Tempo - Tutiempo.net

Mulher é internada após vibrador ficar preso no reto: “Entrei em pânico”

Mulher tem vibrador preso no reto e entra em pânico

Uma mulher foi levada às pressas para o hospital depois que um vibrador de 20 centímetros ficou preso na região do reto, durante uma sessão de masturbação.

A história foi revelada recentemente no programa “Stuck”, do canal britânico Quest Red.

Na entrevista, Brittany, residente do Alabama (EUA), admitiu que lida com vício em sexo desde 2019, quando saiu de um relacionamento.

A partir de então, ela passou a usar frequentemente diversos tipos de brinquedos sexuais para descobrir novas formas de conseguir prazer – o que ela não imaginava é que, em um caso raro, ia parar no hospital.

Em um site de produtos eróticos, Brittany encontrou um grande vibrador e ficou interessada pelo objeto. “Encomendei um vibrador azul, com um formato de esferas”, relatou ela. O objeto aumenta de tamanho, a cada esfera.

“Fiquei tão empolgado quando o recebi pelo correio e pensei: ‘Ah, estou pronta, vou tomar um banho antes de me divertir’”, disse ela.

“Para deixar mais emocionante, adicionei bastante lubrificante e muitas vezes minhas mãos não davam conta, porque ele entrou com tanta facilidade no ânus, que tive que soltá-lo para dentro do reto.

Achei que conseguiria deslizar para fora, mas não aconteceu”, revelou a norte-americana.

Segundo Brittany, o vibrador foi literalmente sugado para o interior do reto e ela teve dificuldades de retirá-lo de volta. Tanto que ficou assustada assim que sentiu que o objeto deslizava cada vez mais para dentro de seu corpo.

“Entrei em pânico por uns 20 minutos”, admitiu ela, que também sentiu ele vibrar dentro de si.

Quando percebeu que perdeu o controle da situação, Brittany ligou para os serviços de emergência e foi enviada para o atendimento do cirurgião geral Dr. George Crawford, que, na entrevista para o programa de TV, confessou que ficou bastante surpreso com o que havia acontecido à mulher.

Por outro lado, ele também explicou que o incidente ocorreu porque o objeto estava numa área própria para sucção.

“O reto é projetado para manter as fezes fora da região do ânus. Se alguém colocar algo mais além dessa parte, será sugado em direção ao intestino”, disse o cirurgião.

O programa também exibiu um exame de radiografia, com o qual o Dr. Crawford pôde localizar o vibrador próximo ao cólon. Segundo ele, Brittany teve sorte do objeto não ter provocado sangramentos, lesões ou algum dano grave aos órgãos.

O procedimento de remoção contou com o uso de um par de pinças de metal fino para puxar o vibrador para fora do corpo de Brittany.

De acordo com Crawford, a operação não foi complexa, mas ele alertou que brincadeiras sexuais precisam ser feitas com cuidado, já que um acidente mais grave pode acabar com o vibrador atravessando a parede retal.

“Se isso acontecer, o indivíduo pode ter um buraco no reto e as fezes ou o que quer que esteja por lá pode ir para o restante do abdômen”, disse Crawford.

cljornal com redação do RPP

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS