Tempo - Tutiempo.net

Município garante medicação para portador de Parkinson e osteoporose

Os pacientes que recebem medicamentos para o tratamento do Mal de Parkinson e osteoporose, estão mais tranquilos, os remédios podem ser retirados, conforme procedimento médico, na Assistência Farmacêutica, que funciona na sede da Secretaria de Saúde, situada na avenida João Durval Carneiro, no Ponto Central.

Todos os pacientes devem estar devidamente cadatrados, eno ato da retirada do medicamento devem apresentar a prescrição dos medicamentos a cada três meses.

A farmacêutica Ana Paula Medeiros e Daniela Amaral afirmaram que fazem um trabalho diferenciado.

O parkinson é uma doença neurológica, crônica e progressiva que atinge o sistema nervoso central e compromete os movimentos. partir dos 55 e 60 anos de idade e aumenta etre os 70 e 75 anos.

Estatisticamente ele surge a De acordo com as estatísticas ela surge a partir dos 55, 60 anos e sua prevalência aumenta a partir dos 70, 75 anos. Osteoporose é uma condição metabólica que se caracteriza pela diminuição progressiva da densidade óssea e aumento do risco de fraturas.

As farmacêuticas confirmam que os pacientes devem buscar o medicamento na Assistência Farmacêutica. Eles fazem parte do elenco da farmácia básica, que é composto por 116 diferentes itens orais e injetáveis.

Para evitar falta do medicamento elas orientam o pessoal dos postos que ao atingir o estoque mínimo, a unidade de saúde e o responsável pelo setor deve solicitar imediatamente a reposição do estoque.  

Fonte: CL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS