Tempo - Tutiempo.net

Pazuello negociando Coronavac com intermediária pelo triplo do preço: veja o vídeo

Pazuello negocia compra da vacina Coronavac

Eduardo Pazuello (Saúde) prometeu a um grupo de intermediadores comprar 30 milhões de doses da vacina chinesa Coronavac, na época em que ainda era ministro da Saúde.

As vacinas foram formalmente oferecidas ao governo por quase o triplo do preço negociado pelo Instituto Butantan.

A reunião foi registrada em vídeo em que Pazuello aparece ao lado de quatro pessoas que representariam a World Brands, uma empresa de Santa Catarina que lida com comércio exterior.

De acordo com reportagem de Constança Rezende e Mateus Vargas na Folha de S.Paulo, publicada nesta sexta-feira (16), a reunião aconteceu fora da agenda oficial dentro do ministério em 11 de março.

O vídeo obtido pela Folha já está de posse da CPI Covid no Senado. Ele foi realizado no gabinete do então secretário-executivo da pasta, o coronel da reserva Elcio Franco. Nela, Pazuello relata o que seria o resumo do encontro.

“Já saímos daqui hoje com o memorando de entendimento já assinado e com o compromisso do ministério de celebrar, no mais curto prazo, o contrato para podermos receber essas 30 milhões de doses no mais curto prazo possível para atender a nossa população”, diz o então ministro, segundo quem a compra seria feita diretamente com o governo chinês.

A proposta da World Brands oferece os 30 milhões de doses da vacina do laboratório chinês Sinovac pelo preço unitário de US$ 28 a dose.

Dois meses antes da reunião, o governo havia anunciado a aquisição de 100 milhões de doses da Coronavac do Instituto Butatan, pelo preço de US$ 10 a dose.

Quem ficaria com os US$18 dolares faturado a mais?

https://twitter.com/i/status/1416063837686534145

 

 

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS