Sexo na Terceira idade melhora

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Que Vinicius de Moraes me perdoe por discordar de sua famosa frase, mas Tom Jobim é quem estava certo: fundamental é mesmo o amor. Não que a beleza seja desimportante, mas, quando chegamos a uma certa fase da vida em que o vigor da juventude e a gravidade nos falta, o sexo começa no coração.

 

Muitos pensam ser impossível namorar na terceira idade. Para a psicóloga Luciana Mescolim, do Clube da Longevidade Silvestre Sênior, essa preocupação dos jovens é até mais comum do que se pensa.”Na terceira idade, existe uma desobrigação do orgasmo. Quando o casal compreende isso, os dois podem ter uma vida feliz e saudável. Até mais do que os jovens, que estão focados no prazer orgásmico. Nesses, sim, vejo muito medo quanto à performance e à freqüência”.

 

Segundo o ginecologista Marcos Arcader, do Hospital Adventista Silvestre, é normal que, com o tempo, a mulher tenha dificuldades com o ressecamento, assim como o homem com a ereção, mas ensina: “Carícias são importantes. O sexo é um momento, algo que vai muito além da penetração”, diz.

 

O técnico em manutenção Oswaldo Moskozo, de 66 anos, dá dicas para manter a chama da sedução: “Os jovens pensam que não prestamos para nada. Pois saiba que já fui à farmácia comprar remédio para marmanjo de 28 anos. O segredo é não deixar a brasa da mulher esfriar”.

Fonte: Redação com informações de Luiza Souto

OUTRAS NOTÍCIAS