Tempo - Tutiempo.net

Governo do Estado fará investimentos na requalificação do Parque Metropolitano de Pituaçu

Parque Metropolitano de Pituaçu

Um dos mais belos parques ecológicos do Brasil e importante remanescente da Mata Atlântica na cidade de Salvador, o Parque Metropolitano de Pituaçu vai receber o maior investimento desde sua criação.

O Governo da Bahia, por intermédio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), anunciou na quinta-feira (20) um projeto de R$ 25 milhões para requalificação da ciclovia e outras intervenções estruturais que trarão benefícios diretos tanto para a preservação dos recursos naturais quanto para a qualidade de vida e lazer dos moradores do entorno e visitantes.

Os detalhes do projeto foram apresentados pelo vice-governador Geraldo Junior e pelo secretário da Sema, Eduardo Mendonça Sodré Martins, em cerimônia realizada no Centro Administrativo da Bahia.

A Companhia Estadual de Desenvolvimento Urbano (Conder) será responsável pela execução das obras, que contemplam a requalificação de 15 quilômetros de ciclovia, implantação de novos pontos de apoio aos usuários, entre outras melhorias do parque, que é gerido pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Na abertura do evento, o vice-governador destacou que esta é uma obra que atende às pessoas, ao meio ambiente e a economia da cidade.

“Fui designado pelo nosso governador Jerônimo Rodrigues para esse momento histórico, em função do amor que eu tenho por essa cidade, de exercer um sonho anunciar, ao lado do brilhante secretário Eduardo Sodré, uma obra de 25 milhões aplicados na requalificação do Parque de Pituaçu.

Este governo faz a diferença, começamos o ano com a requalificação no Parque do Abaeté e agora Pituaçu, em um processo de humanização, trazendo o meio ambiente para os espaços públicos da cidade do Salvador, com geração de emprego e renda”.

O vice-governador também parabenizou a coordenadora do parque, Bernadete Bittencourt, e todo o corpo técnico da Sema e do Inema pelo trabalho de excelência realizado em prol da preservação ambiental.

O secretário do Meio Ambiente, Eduardo Mendonça Sodré Martins, ressaltou o compromisso que o Governo do Estado assumiu, nos últimos anos, na consolidação das políticas ambientais e de gestão das Unidades de Conservação, a exemplo dos parques urbanos. “Celebramos hoje um investimento histórico neste espaço público e de conservação da natureza, localizado em uma região estratégica, um pilar fundamental para a sustentabilidade e preservação ambiental em Salvador. Pituaçu é um santuário de biodiversidade, com diversas espécies da fauna e uma vasta e exuberante vegetação típica da Mata Atlântica”.

O gestor da Sema completou: “esta secretaria trabalha por um estado mais verde e desenvolvido com base nos princípios da economia sustentável, em que todos tenham direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado”.

Entre as intervenções estruturais previstas no projeto, constam também espaços modernos e de arquitetura arrojada alinhada à paisagem natural e cultural do parque, agregando área para descanso, ponto de observação, novo bicicletário, ponto de primeiros socorros, nova e moderna iluminação nas áreas administrativas, além de revitalização das portarias de acesso, com mais segurança e conforto para a população.

A diretora-geral do Inema, Maria Amélia Lins, explicou: “com essas melhorias, espera-se que o Parque de Pituaçu continue a ser uma referência de equilíbrio entre urbanização e natureza, proporcionando um espaço de descanso e reconexão com o meio ambiente para as futuras gerações”.

Gestora e presidente do Conselho Gestor do PMP, Bernadete Bittencourt, não conteve a emoção ao falar da luta dos moradores, do conselho, dos funcionários e de todos aqueles que vivem o cotidiano do Parque. “Estou aqui representando aquelas pessoas iguais a mim, que dedicam suas vidas e sonham com essa tão esperada melhoria. Hoje recebemos cerca de 15 mil visitantes por mês, um local onde as pessoas vão cuidar da saúde física e mental, bem como contemplar a natureza e as artes. Tudo esse sucesso é possível graças a dois instrumentos , que são o plano de manejo e um conselho gestor extremamente atuante e propositivo”.

Parque Metropolitano de Pituaçu

Criado pelo Decreto Estadual nº 23.666, de 04 de setembro 1973, o Parque abrange uma área preservada de 392 hectares, onde já foi catalogada uma grande diversidade de animais, bem como uma vasta e exuberante vegetação. Opção de lazer, cultura e entretenimento, conta com diversos equipamentos públicos, dentre eles podemos destacar o Parque das Esculturas/Espaço Mário Cravo com cerca de 60 obras expostas a céu aberto, uma ciclovia de 15km, centro de esportes e parques infantis.

Informações da Sema

OUTRAS NOTÍCIAS