Carlos Lima
Hoje dia 19/09/2018 às 08:34:46

Cinema
Carlos Lima | Publicado em 05/07/2018 às 10:03:17

Filme Argentino da Netflix acusado de pornografia infantil

Filme Argentino da Netflix acusado de pornografia infantil

Disponível na Netflix, Desejarás (Desire, título na língua inglesa), o novo filme do diretor Diego Kaplan está sendo bastante criticado nas redes sociais. Tudo começou quando Megan Fox (não é a atriz!), colunista do conservador site de notícias PJ Media, acusou o filme de pornografia infantil em uma cena envolvendo duas meninas pré-adolescentes.

A sequência começa com duas meninas assistindo a um vaqueiro andando a cavalo na televisão. Uma das meninas imita o vaqueiro, senta no travesseiro e pula para cima e para baixo. Com a câmera lenta, música dramática, som de respiração pesada e close-ups do rosto da criança, o diretor mostra a personagem inconscientemente tendo um orgasmo. A jovem cai do travesseiro e a mãe corre para levá-la ao hospital.

Kaplan respondeu às acusações com uma declaração ao IndieWire: “Desejarás é um filme. Quando vemos um tubarão comendo uma mulher no cinema, ninguém acredita que a mulher realmente morreu ou que o tubarão era real. Nós trabalhamos em um mundo de ficção; e, para mim, antes de ser diretor, eu sou pai”.

Ele explicou ainda que a cena foi gravada utilizando um truque de jogo de câmera, em que as garotas estavam imitando uma cena de caubói de um filme de Jonh Ford . “Elas nunca entenderam o que estavam fazendo, apenas copiaram o que assistiram na televisão. Nenhum adulto interagiu com as meninas, a não ser o instrutor delas. Tudo foi feito sob a vigilância cuidadosa das mães, porque eu sabia que esta cena poderia causar alguma controvérsia em algum momento”.

A colunista se opôs e reportou o filme ao FBI, ao Departamento de Justiça e ao Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas. Um porta-voz afirmou que não comentariam sobre uma possível investigação sobre o filme. “Tudo funciona dentro da cabeça dos espectadores, e como você acha que esta cena foi filmada, vai depender do seu nível de depravação”, disse Kaplan.

 Rafaela Ferreira

Comentários

comentários

Veja também