Carlos Lima
Hoje dia 21/05/2018 às 01:02:45

Curiosidades
Carlos Lima | Publicado em 12/05/2018 às 12:05:15

Filho do meio é o mais problemático da família, diz estudo

Filho do meio é o mais problemático da família, diz estudo Filho do meio é o mais problemático da família, apontam pesquisas

Se você tem mais de um irmão provavelmente sabe os defeitos de cada um né? Todos tem suas particularidades. Mas o que todo mundo sabe é que o irmão do meio tem uma fama de um tanto brigão e encrenqueiro.

O que muita gente achava ser apenas um clichê, foi comprovado recentemente pela Ciência: o filho do meio realmente o mais problemático dos filhos.

Segundo uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, a ordem de nascimento é um determinante nesse caso e pode, inclusive, interferir no futuro dos filhos.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas responsáveis pelo estudo analisaram dados de irmãos americanos e dinamarqueses e registraram até que o filho do meio, na maior parte das vezes, tem entre 25% e 40% mais chances de terem problemas na escola. Eles também têm maior tendência à delinquência e a terem complicações com a lei no futuro.

O grande problema nisso tudo, conforme observaram os pesquisadores, é a educação dada pelos pais. Isso porque, enquanto o primeiro filho recebe atenção absoluta como a única criança da casa, o filho do meio acaba não recebendo tanta atenção assim.

Os pesquisadores observaram também que, por causa disso, o filho mais velho se espelha mais no pais, já o filho do meio, por outro lado, tem o irmão mais velho como espelho.

Ainda sobre isso, os responsáveis pela pesquisaram afirmam que o investimento dos pais nos filhos mudam bastante, sendo que a influência dos irmãos costuma contribuir para essas diferenças no futuro, especialmente quanto ao mercado de trabalho e à questão da delinquência.

Conforme o condutor do estudo, o pesquisador Joseph Doyle afirma que é muito difícil separar essas duas coisas, uma vez que elas acontecem ao mesmo tempo.

Mayara Dias

Comentários

comentários

Veja também