Carlos Lima
Hoje dia 16/11/2019 às 22:02:39

Religião
Carlos Lima | Publicado em 25/06/2019 às 15:02:22

Aumenta no mundo árabe número de pessoas sem religião

Aumenta no mundo árabe número de pessoas sem religião Árabes estão dizendo que são cada vez mais menos religiosos, de acordo pesquisa do Arab Barometer feita a pedido da BBC News Arabic — Foto: BBC

Uma pesquisa em 10 países e territórios palestinos revelou que o número de pessoas não religiosas cresceu no mundo árabe.

Em 2013, essas pessoas representavam 8% da população da região e agora, 13%.

A pesquisa de agora foi feita pelo Arab Barometer a pedido da BBC News Arabic, entre o fim de 2018 e maio de 2019. Foram entrevistadas 25.407 pessoas.

Entre os jovens, com menos de 30 anos, o crescimento foi maior, de 18%.

Trata-se de um índice expressivo porque o mundo árabe possui uma forte tradição religiosa, com predominância do Islã.

O Barometer é constituido por uma rede de pesquisadores em vários países e sua sede fica nos Estados Unidos, na Universidade de Princeton.

Entre os não religiosos da pesquisa se encontram ateus e agnósticos.

Eles não foram apontados porque os descrentes, na maioria desses países, sofrem forte discriminação do Estado, da sociedade e da família.

Muitos ateus não se declarariam como tais, como, aliás, ocorre em países de maioria cristã, como o Brasil.

Na Arabia Saudita ateus são classificados como terroristas.

Um estudo sobre os sem religião divulgado em 2014 pela Universidade do Cairo apurou que naquele país o número de ateus representa 12% da população ou 10 milhões de pessoas.

O Barometer também apurou o posicionamento dos árabes sobre questões como direito das mulheres, migração, segurança e sexualidade.

A aceitação da homossexualidade é baixa, quase inexistente.

A maioria apoia o direito de uma mulher se tornar primeira-ministra ou presidente, mas quem deve mandar em casa é o marido.

Paulopes

 

Comentários

comentários

Veja também