Cientistas detectam evidências de planeta recém-descoberto perto da estrela mais próxima do Sol

© AP Photo / Observatório Europeu do Sul, L. Calsada

Pesquisadores conseguiram detectar sinais que poderiam indicar a existência de um segundo planeta na órbita da estrela Proxima Centauri.

Uma equipe internacional de astrofísicos descobriu indícios de existência de um segundo planeta na órbita da estrela mais próxima do Sol, a Proxima Centauri, o que poderia levar a realização de futuras explorações espaciais.

A referida estrela está localizada a aproximadamente 4,2 anos-luz da Terra e é uma anã vermelha com uma massa oito vezes mais pequena que a do nosso Sol. Em 2016 foi descoberto um exoplaneta potencialmente habitável, o Próxima b, girando à sua volta. Mais tarde foram detectadas evidências da existência de cinturões de pó em torno da Proxima Centauri.

Em uma pesquisa recente publicada nesta quarta-feira (15) na revista Science Advances, cientistas informaram ter encontrado um outro planeta chamado Proxima c, uma descoberta que perfila esse sistema planetário como mais complexo.

O recém-descoberto objeto celeste seria um planeta rochoso, com uma massa mínima aproximadamente seis vezes maior que a terrestre e que teria sua órbita igual a 1,5 vez a distância entre a Terra e o Sol.

“O sinal [recebido] parece ser muito convincente, mas ainda não podemos excluir que se deva a outros fatores, como um ciclo de atividade magnética estelar”, explica Cristina Rodríguez-López, investigadora do Instituto de Astrofísica de Andaluzia, Espanha, que está envolvida na pesquisa.

Cientistas salientam também que a proximidade do sistema vizinho e a distância entre o planeta e sua estrela indicam que ele poderia se tornar em um objetivo principal para seu acompanhamento e caracterização com ajuda de instrumentação de imagem direta de próxima geração.

Sputnik

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS