Carlos Lima
Hoje dia 21/11/2017 às 22:57:22

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 11/11/2017 às 10:33:55

Equipe de Lewis Hamilton é assaltada na saída de Interlagos

Equipe de  Lewis Hamilton é assaltada na saída de Interlagos Hamilton em Interlagos durante os treinos livres deste sábado (11) para o GP do Brasil (Foto: Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo)

O inglês Lewis Hamilton, piloto de Fórmula 1, postou em sua conta no Twitter neste sábado (11) que seus colegas de equipe foram assaltados em São Paulo. “Alguns da minha equipe foram mantidos sob a mira de armas na última noite ao deixarem o circuito aqui no Brasil. Tiros, armas apontadas para a cabeça”, escreveu.

“Isso é tão triste de ouvir. Por favor, rezem pelos meus colegas que estão aqui hoje como profissionais, ainda que abalados”. Em um segundo post, completou: “Isso acontece todo ano aqui. F1 e as equipes precisam fazer algo a mais, não há desculpas!”.

O 46º GP Brasil de Fórmula 1 acontece no Autódromo de Interlagos, na Zona Sul de São Paulo, neste final de semana. Os treinos serão neste sábado às 11h (treino livre) e 14h (treino oficial). A corrida será neste domingo, a partir das 14h.

Procurada, a assessoria de imprensa da Polícia Militar disse não ter nenhum registro de ocorrência na região. A assessoria de imprensa da Mercedes confirmou o assalto e disse que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Segundo o Globo Esporte, vans de equipes de Fórmula 1 e um carro da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) foram assaltadas por homens armados nos arredores do Circuito de Interlagos na noite desta sexta-feira (10), por volta das 20h, na Avenida Interlagos.

Os criminosos pararam vans que levavam mecânicos de equipes. O veículo com integrantes da Mercedes foi assaltado. Uma van da Williams estava logo atrás, e testemunhou o ocorrido. Os assaltantes tentaram roubar também um carro com funcionários da FIA que vinham logo atrás. Eles chegaram a bater com as armas no vidro, mas o veículo era blindado e conseguiu escapar.

Após os incidentes, quem ainda estava trabalhando no Autódromo foi avisado dos problemas e pediu segurança para a organização para deixar Interlagos. Com isso, os funcionários restantes saíram escoltados por policiais até a entrada da Marginal Pinheiros.

G1

Comentários

comentários

Veja também