Carlos Lima
Hoje dia 17/11/2018 às 06:17:18

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 18/06/2018 às 09:48:24

histórico mostra que um empate e uma vitória classificam Brasil

histórico mostra que um empate e uma vitória classificam Brasil Tite e o auxiliar Cléber Xavier durante duelo com a Suíça

Pela primeira vez desde 1978, a seleção brasileira não estreava em Copa do Mundo com outro resultado que não fosse a vitória. O empate por 1 a 1 com a Suíça domingo, no entanto, não é motivo para desespero, como Tite havia antecipado na véspera, ao ser questionado sobre a importância da primeira partida para a classificação.

Com base em um levantamento feito pelo Centro de Pesquisa e Análise (CPA), o técnico lembrou que, desde 1998, edição em que o torneio passou a ter 32 seleções (oito grupos de quatro), todos os times que somaram cinco pontos avançaram às oitavas de final.

Lá atrás eu pensava que tinha que ganhar o primeiro jogo. Tem é que ter grande desempenho, porque com nove pontos todos se classificaram. Com sete, todos se classificaram. Com cinco pontos, todos se classificaram, com o primeiro ou segundo critério. Isso passa que não tem que ter desespero – disse, no sábado, véspera da estreia.

O histórico mostra que é possível passar de fase até com pontuação menor. Nas últimas cinco edições, sempre houve ao menos uma seleção classificada com quatro pontos. Foi assim em 1998 (Dinamarca), 2002 (Paraguai, Turquia, Estados Unidos e Itália), 2006 (México e Austrália), 2010 (México, Coreia do Sul, Gana e Eslováquia) e 2014 (Grécia, Nigéria, Estados Unidos e Argélia).

Em uma única ocasião, uma equipe passou com apenas três pontos: o Chile, segundo colocado do Grupo B em 1998. A Itália ficou com a primeira vaga, com 7 pontos, e as duas seleções eliminadas (Áustria e Camarões) acumularam dois empates e uma derrota.

G1

Comentários

comentários

Veja também