Carlos Lima
Hoje dia 18/12/2018 às 10:41:08

Feira
Carlos Lima | Publicado em 14/11/2018 às 10:41:38

Os alunos que tem amor a dança nasce o primeiro Dançaê na Escola Álvaro Boaventura, de Bonfim de Feira

Os alunos que tem amor a dança  nasce o primeiro Dançaê na Escola Álvaro Boaventura, de Bonfim de Feira 500X300

O gosto dos alunos da Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura pela dança, herdado das tradições culturais do distrito de Bonfim de Feira como a capoeira e o samba de roda, deu origem ao 1º Festival Dançaê.

Desde o dia 20 de outubro, ritmos musicais como o forró, salsa, country, hip-hop e rock n’ roll vêm marcando os sábados letivos na unidade de ensino.

Eveline Souza Pinto, diretora da escola, conta que a ideia surgiu de uma conversa entre ela e as professoras Janivalda Medeiros dos Santos, de Língua Portuguesa e atual vice-diretora, e Joilce Luna Silva, de História.

“Elas comentaram da necessidade de haver uma programação mais atrativa para os alunos, por conta da faixa etária, e voltada para a dança, por conta do entusiasmo que eles já demonstravam.

Eu sugeri o nome!”, conta aos risos.

Desenvolverem capacidades corporais e culturais

“Mas não é só a dança pela dança”, garante a diretora.

Antes de suas apresentações, os alunos fazem pesquisas sobre o ritmo que escolheram; suas origens, passos, onde e quando surgiram, dentre outros pontos, o que contempla um dos objetivos do Festival: proporcionar meios que levem os alunos a desenvolverem capacidades corporais e culturais, alcançando, assim, o ensino-aprendizagem. “Antes da prática, vem a teoria”, completa Eveline.

A abertura do 1º Dançaê aconteceu no dia 19 de setembro; dois grupos de dança do Colégio Estadual Arthur Vieira de Oliveira, do município de Anguera, se apresentaram naquele dia, além do grupo de forró dos alunos da Álvaro Pereira.

O Festival é destinado aos alunos do Ensino Fundamental II, mas a apresentação de um dos grupos visitantes deixou Sofia Moreira Santos e Maria Vitória Lima Bastos, alunas do Grupo 5, alegres demais para não se apresentarem.

“A professora delas me chamou para vê-las na sala. Quando vi que repetiam os passos da dupla que havia se apresentado anteriormente, perguntei se queriam se apresentar também no dia seguinte e elas toparam na hora!”, conta a diretora.

Deram show no sábado, 20, juntamente com os grupos de salsa e country.

No último sábado, 10 de novembro, foi a vez dos alunos do hip-hop (dança de rua) e rock n’ roll.

O encerramento do Festival acontece no dia 1º de dezembro com apresentações de frevo pelos alunos da Álvaro Pereira, Roque da Viola e grupo Samba de Roda Mirim, do município de Antônio Cardoso.

PMFS

Comentários

comentários

Veja também