Carlos Lima
Hoje dia 21/11/2017 às 23:07:58

Internacional
Carlos Lima | Publicado em 09/08/2017 às 17:13:11

Trump ameaça Coreia do Norte com “fogo e fúria nunca vistos antes pelo mundo”

Trump ameaça Coreia do Norte com “fogo e fúria nunca vistos antes pelo mundo” TRUMP AMEÇA MORTAL A COREIA DO NORTE

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira (08/08) responder à Coreia do Norte com “um fogo e uma fúria nunca vistos no mundo”, após surgirem relatos de que Pyongyang fabricou uma ogiva nuclear em miniatura que pode ser colocada em um dos seus mísseis balísticos.

“É melhor que a Coreia do Norte não faça mais ameaças aos EUA. Eles vão se deparar com um fogo e uma fúria nunca vistos no mundo”, disse Trump em declarações a jornalistas em Bedminster, Nova Jersey.

“Ele está fazendo muitas ameaças, mais do que o normal”, disse Trump, em uma aparente referência ao líder norte-coreano, Kim Jong-un.

“E, como eu disse, eles vão se deparar com fogo e fúria e, francamente, com um poder que este mundo nunca viu antes”, completou o presidente norte-americano.

As declarações foram feitas depois de a imprensa norte-americana ter afirmado que a Coreia do Norte teria conseguido miniaturizar uma ogiva nuclear, entrando em uma nova fase de seu programa atômico.

A informação foi publicada por dois veículos diferentes, o jornal The Washington Post, que cita um relatório da Agência de Inteligência de Defesa (DIA) dos EUA, e a emissora NBC, que se baseia em um relatório do Ministério da Defesa do Japão.

Se confirmado, o avanço representará um passo crucial para tornar o regime de Pyongyang uma potência nuclear plena.

Com os bem sucedidos testes de mísseis intercontinentais, a próxima etapa do programa da Coreia do Norte seria dominar a tecnologia capaz de armar esses projéteis com ogivas nucleares.

Para isso, é preciso miniaturizá-las e torná-las aptas para serem acopladas a um míssil balístico.

Em pelo menos duas ocasiões, em maio de 2015 e em março de 2016, o governo de Kim Jong-un anunciou que conseguira reduzir uma ogiva nuclear, mas a informação nunca foi confirmada por fontes externas.

Segundo a inteligência norte-americana, Pyongyang possui atualmente cerca de 60 bombas atômicas. O governo norte-coreano defende que seu programa nuclear pretende dissuadir os EUA de uma eventual invasão.

Mais cedo, a Coreia do Norte ameaçou realizar “ações físicas” em resposta às sanções decretadas no último sábado (05/08) pelo Conselho de Segurança da ONU, em votação que contou com apoio da China e da Rússia.

As sanções da ONU, que se aplicam a importantes itens de exportação da Coreia do Norte, foram adotadas depois dos dois testes com mísseis balísticos intercontinentais realizados por Pyongyang em julho.

Reuters

Comentários

comentários

Veja também