Carlos Lima
Hoje dia 19/09/2018 às 08:38:14

Literatura
Carlos Lima | Publicado em 18/06/2018 às 13:57:58

Autores brasileiros focam em literatura independente para adentrar no mercado editorial

Autores brasileiros focam em literatura independente para adentrar no mercado editorial

As vendas online devem dobrar até 2021, atingindo um total de R$85 Bilhões em vendas. É o que aponta um estudo feito pelo Google em parceria com a Forrester Research. A estimativa é favorável não só para empreendedores, como também para autores independentes, que se lançam no universo literário sem o apoio de editoras tradicionais.

Ainda segundo pesquisas da Forrester Research, a previsão é de que nos próximos 5 anos o Brasil terá 27 milhões de pessoas que irão fazer sua primeira compra online, e tablets e smartphones devem ser cada vez mais utilizados para comprar e-books e livros físicos.
Pensando nisso, o jornalista e escritor independente Lucas Eliel, 26, acaba de lançar “O Misterioso Caso do Leprosário”, romance policial.

Romance policial é um gênero literário na qual se caracteriza, em termos de sua estrutura narrativa, pela presença do crime, da investigação e da revelação do assassino. Neste gênero literário, o foco remete para o processo de elucidação do mistério, empreitada geralmente a cargo de um detetive, seja ele profissional ou amador.

De acordo com o escritor, a inspiração para escrever o romance policial “O Misterioso Caso do Leprosário” veio anos atrás. “Eu tinha a maioria das histórias esquematizadas, mas me faltava o cenário para o crime. Nisto, eu me lembrei de uma vez que passei no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, em Mogi das Cruzes, que anos atrás era um Leprosário. Vi então que o antigo Leprosário com todas aquelas casas antigas nas alamedas, afastadas de tudo, era o cenário ideal para os meus crimes”, afirma o autor.

Ainda segundo Lucas Eliel, a identidade do assassino de “O Misterioso Caso do Leprosário” foi uma surpresa até mesmo para ele. “À medida em que fui escrevendo o romance, percebi que todo o mundo ali tinha a oportunidade e o motivo para matar. Por isso, fui me deixando levar pela história à medida em que escrevia, e posso apostar que a elucidação do crime será uma grande surpresa para quem chegar ao final da história, assim como foi para mim”, promete.

Com 385 páginas, “O Misterioso Caso do Leprosário” vai além de uma trama policial. O livro tem personagens profundas, e está carregado de tensão, episódios sobrenaturais, experiências de projeção da consciência, também chamada de “sonho lúcido” e “projeção astral”, e de contato com extraterrestres. Em “O Misterioso Caso do Leprosário”, Lucas Eliel construiu um cenário assustador e absolutamente cinematográfico para uma história ao mesmo tempo aterrorizante e inspiradora, marcando o início da trajetória do Detetive Lancaster, detetive brasileiro que promete vida longa, com muitos assassinatos pela frente.

De acordo com Lucas Eliel, “O Mistério da Quarta-feira de Cinzas”, primeiro livro da série “A quaresma do Horror” deve ser lançado nos próximos dias, também de forma independente, e é uma espécie de continuação de “O Misterioso Caso do Leprosário”, também estrelado pelo Detetive Lancaster.

O LIVRO

O Detetive Lancaster está depressivo. Foi morar perto da namorada, Ritinha, em uma casa de aluguel no antigo Leprosário em que sua família vive com uma série de pessoas, propriedade da família Poça D’água. Por acaso, Lancaster reencontra Cristiano Poça D’água, colega com quem se formou na faculdade de detetives. Com o fim do relacionamento com Ritinha, o detetive inexperiente se afasta do jornal em que trabalha como repórter, e inicia a escrita de um livro sob recomendação do analista. Com o passar dos dias, coisas estranhas passam a acontecer, e o detetive tem visões de espíritos e de um ÓVNI que lhe transmite uma estranha mensagem. A partir daí, o diário do investigador inexperiente se transforma em um verdadeiro livro de horror, e em uma madrugada o Leprosário vira palco de três assassinatos. Para piorar, o detetive descobrirá que Ritinha, sua ex-namorada, é a principal suspeita dos crimes. Qual é o significado das visões, e da mensagem dos extraterrestres? Será que Ritinha é a assassina? Cristiano Poça D’água? E os vizinhos? Lutando contra a depressão, problemas antigos e do presente, caberá ao detetive Lancaster desvendar o seu primeiro grande caso: “O Misterioso Caso do Leprosário”.

O Autor

Influenciado por autores como Graciliano Ramos, Agatha Christie e Stephen King, Lucas Eliel surpreende com um romance policial misterioso e assustador. Personagens profundas, segredos, descrições arrepiantes e cenários cinematográficos são alguns dos elementos que fazem de “O Misterioso Caso do Leprosário” um marco no romance policial contemporâneo, e de Lucas Eliel um escritor habilidoso.

Confira agora o livro “O Misterioso Caso do Leprosário” (formato e-book) pela Amazon;

Confira agora o livro “O Misterioso Caso do Leprosário” (formato livro físico-impresso) pela Amazon;

Confira agora o livro “O Misterioso Caso do Leprosário” (formato livro físico-impresso) pelo Clube de Autores.

O Autista Milagreiro

Dias atrás, o escritor Lucas Eliel publicou, também de forma independente pela Amazon e Clube de Autores a novela “O Autista Milagreiro”. O livro foi escrito em homenagem ao Dia do Orgulho Autista, 18 de junho.

Com 151 páginas no formato de livro físico, “O Autista Milagreiro” também está disponível como e-book. A novela narra a história de Juninho, de quatro anos de idade, e de seus pais. A família Silva não sabe que Juninho é autista, e enfrenta uma série de desafios em busca de uma resposta. Uma noite, tudo muda quando Juninho está brincando de enfileirar os seus brinquedos, e algo inusitado acontece. A partir daí, curas e eventos sobrenaturais passam a acontecer o tempo todo, e o menino fica famoso em todo o País como “O Autista Milagreiro”. Depois de fazer milagres ao vivo em um programa de TV, Juninho se torna ídolo nacional e a vida de sua família vira de pernas para o ar, se encaminhando para um final surpreendente.

Terra

Comentários

comentários

Veja também