Atriz, cineasta e escritora baiana Conceição Senna morreu na quarta-feira (27)

Conceição e o esposo Orlando Senna
Só nessa quinta-feira (18) soubemos a notícia a morte da  atriz, cineasta e escritora baiana, Conceição Senna.
Conceição era biana, o município de Valente. foi o seu berço de nascimento.
Morava no Rio de Janeiro e era esposa do cineasta Orlando Senna. Conceição atuou em O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro (1969), lecionou na Escola Cubana e dirigiu Memória do Sangue (1988), documentário sobre Canudos.
Atriz e documentarista, Conceição se formou na Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia e especializou-se em Técnicas Audiovisuais na Educação no Instituto de Educação da Bahia. Participou de dezenas de espetáculos teatrais na Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.
De 1991 a 1996 produziu e apresentou o programa Ventana al Sur na Televisão Cubana, uma das maiores audiências daquele país.
Com mais de 49 anos de carreira, Conceição tem 13 obras em sua filmografia, dentre filmes e séries lançados.
É autora do livro “A Menina, a Guerra e as Almas”, lançado em 2010.
Como atriz, Conceição integrou as produções:
2012 A Coleção Invisível
2007 Chega de Saudade
1998 Iremos a Beirute
1993 Culpa (Curta)
1993 Opus Nigrum (Curta)
1992 Oswaldianas – Segmento “Perigo Negro”
1992 Perigo Negro (Curta)
1991 Mira Cómo Estoy! (Curta)
1986 Ópera do Malandro
1986 À Flor do Mar
1981 Abrigo Nuclear
1978 Coronel Delmiro Gouveia
1977 Diamante bruto
1975 Iracema – Uma Transa Amazônica
1970 Caveira, My Friend
1969 O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro
1964 O Caipora
cljornal com informações da Fundeb
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS