Mangueira vence o Carnaval do Rio 2016

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A Mangueira venceu o carnaval carioca pela 18ª vez com 269,8 pontos. A verde-e-rosa homenageou a cantora Maria Bethânia, que já passou pelo sambódromo uma vez, quando a escola fez desfile sobre os Doces Bárbaros em 1994. Em segundo lugar ficou a Unidos da Tijuca, com 269,7 pontos.

A Estácio de Sá, que voltou ao carnaval da elite neste ano, foi rebaixada com 265 pontos. A escola exaltou São Jorge na avenida.

Na busca pelo título do Grupo Especial, que havia sido conquistado pela última vez em 2002, a Mangueira celebrou os 50 anos de carreira da cantora baiana, fechando a noite com um desfile de luxo e sofisticação, além da presença de muitos artistas. Já o enredo da Unidos da Tijuca foi “Semeando sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado”.

A quadra da verde e rosa, na Zona Norte do Rio, já estava cheia, mas ficou completamente lotada conforme o título se aproximou. Lá estava o carnavalesco Leandro Vieira. “Desconfiaram muito de mim, mas eu me empenhei para comemorar hoje”, disse o carnavalesco.

Foto: Rodrigo Gorosito
Foto: Rodrigo Gorosito

O presidente Chiquinho da Mangueira já havia destacado antes do início da apuração, o trabalho do novo carnavalesco, Leandro Vieira, do coreógrafo da comissão de frente, Junior Scarpin, e do mestre de bateria, Rodrigo Explosão.

” A gente acreditou em um novo carnavalesco que foi muito competente, veio do Grupo de Acesso. A Mangueira jurou a juventude com a tradição, respeitando a comunidade”, disse Chiquinho.

O presidente citou ainda uma outra tradição da escola que, pra ele, também deu sorte esse ano. “Toda vez Que a Mangueira é a última de segunda-feira, ela faz um bom desfile. Quem torce pra Mangueira fica até o final e, quem não torce, também fica esperando pra ver  o que a escola vai fazer”, explicou.

Globo.com

OUTRAS NOTÍCIAS