Artista tricota novelo de lã alojado na vagina por 28 dias

 

Muitas vezes associamos tricotar com avós, mas, aparentemente, as agulhas de tricô podem ser transformadas em um protesto a favor das mulheres. Casey Jenkins, 34 anos, está no centro de uma performance de arte bastante polêmica, chamada Casting Off My Womb.

A artista passará 28 dias tricotando um novelo de lã que está inserido dentro de sua vagina. Em um vídeo sobre a performance, ela afirmou: “se você olhar a vulva, vai ver que é só uma parte do corpo. Não tem nada de chocante, aterrorizante, nada vai sair dali e comer você vivo”.

“O projeto, para mim, é sobre acessar e me sentir íntima do meu próprio corpo”, afirmou. Casey está se “apresentando” em uma galeria na Austrália, em que diariamente senta para tricotar. A peça está cada dia maior e também fica exposta.

A artista fez questão de contar que a experiência não é dolorosa. “Não é algo usual, principalmente, porque eu estou presa a esse novelo, portanto, não posso levantar e andar por aí. Então, me restringe, mas não é doloroso. Mulheres tiram bebês dali, então, é uma área bem robusta”, disse. Inacreditavelmente, ela segue tricontando mesmo quando está menstruada.

Fonte: As informações são do Daily Mail

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS