Pássaro super raro é visto em reserva na Bahia

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O primeiro ninho de um dos pássaros mais raros do mundo — o entufado-baiano (Merulaxis stresemanni) — foi descoberto na Reserva Mata do Passarinho, na fronteira entre Bahia e Minas Gerais, informou a Organização Não Governamental (ONG) American Bird Conservancy. Os pesquisadores brasileiros Dimas Pioli e Gustavo Malacco filmaram o ninho localizado num árvore a cerca de três metros do chão dentro da reserva.
“Esta é a descoberta de uma vida, que se tornou ainda mais gratificante pelo fato de que não só encontraram aves adultas vivas, mas também descobriram fortes evidências de vários filhotes também”, afirmou num comunicado à imprensa Alexandre Enout, diretor da reserva. “É urgente nós protegermos mais a Mata Atlântica nesta área e em áreas onde a floresta foi derrubada. É a melhor maneira de salvar esta espécie e seu habitat”.
O entufado-baiano é uma das espécies mais ameaçadas no mundo. Ficou 50 anos sem ser visto até que foi redescoberto em 1995 numa floresta em Una, município no Estado da Bahia. A população mundial deste pássaro é menor do que 15 indivíduos. Ele foi desaparecendo em decorrência de fogueiras, derrubada de árvores e de desmatamento com vistas à agricultura e à pecuária.
Cerca de 245 pássaros foram registrados na reversa, dos quais, 37 são endêmicos do Brasil, ou seja, só existem no país. Além do entufado-baiano, outros dois animais em risco de extinção, o pássaro creojá e o macaco-prego-do-peito-amarelo, também são encontrados lá.
 

Fonte: O Globo

OUTRAS NOTÍCIAS