Tempo - Tutiempo.net

Bolsonaro: maior fraude eleitoral registrada nos anais da história brasileira/ Por Sérgio Jones

Mente e mente doentia

A novela que se arrasta com capítulos intermináveis sobre possíveis fraudes nas urnas eletrônicas. Ação bestial promovida de forma criminosa, pelo atual presidente, tem sido a mais relevante e dantesca traçada por um governo comprovadamente inepto e portador de sérios transtornos mentais que nada tem apresentado à nação, a não ser desolação e miséria.

Todo artifício utilizado por eles e seus milicianos tem servido como pano de fundo o olhar do povo para a realidade, cada vez mais bizonha já vivida ao longo de todo calendário histórico do país e de seu povo.

Inquérito da Polícia Federal mostra que as múmias paralisantes tipo general Luiz Eduardo Ramos e seus sequazes como a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), ligada ao Gabinete de Segurança Institucional chefiado pelo general Augusto Heleno, têm atuado na busca de informações contra a eficácia eleitoral demonstradas pelas urnas eletrônicas.

Embora nada tenha sido encontrado que ateste a existência de algum tipo de irregularidade na atuação das urnas eletrônicas, mesmo diante de tais evidências, material produzidos nos testes elaborado pelo perito Paixinho, entre outros peritos da Polícia Federal (PF).

O presidente Jair Bolsonaro se utilizou de forma irresponsável de uma live em que tornou públicas a existências de teses conspiratória e acusações infundadas contra a urna eletrônica. Possivelmente, consequência e produto da mente doentia dele.

O que tenta Bolsonaro, diante de sua derrota eleitoral iminente, tenta lançar uma cortina de fumaça visando proteger do olhar do povo o desastre em que se tornou o seu desgoverno, ao exercer uma administração que só tem gerado caos administrativo, conduzido o povo a mais completa indigência social.

]Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS