Tempo - Tutiempo.net

Em Feira de Santana falta tudo, inclusive gestão municipal/ Por Sérgio Jones

A cidade de Feira de Santana é atípica. Aqui tudo pode acontecer por mais estranho que possa parecer. Falta gestão municipal, o legislativo se tornou, já faz tempo, em a gaiola das locas, onde todos falam e ninguém se entende.

Neste instante está faltando seringas para que se possa proceder aplicação da vacina BCG, indicada para todas as crianças no primeiro mês de vida.

A justificativa dada por parte do secretário da Saúde, Marcelo Brito, é a falta de seringas no mercado é consequência da grande demanda existente no mercado.

A vacina BCG protege crianças menores de 5 anos contra as formas graves da doença, como meningite e a tuberculose. Como já de costume o secretário busca atenuar a gravidade da situação ao declarar que o problema neste setor não é só específico da terrinha de Lucas, afeta também outros municípios.

Grande consolo!

Quando este problema aparentemente for sanado, o que arguirá a seu favor e qual o argumento que será usado para justificar tamanha falta de responsabilidade do órgão.

Mesmo não contando com a previsibilidade dessa eventual falta de seringas, se o órgão fosse sério, bem que poderia ter em suas dependências, estoques de reservas desses instrumentos de trabalho, que poderia sanar, em determinados momentos, problemas desse tipo de situação.

Possivelmente, em breve, o secretário irá ocupar o espaço da mídia local para anunciar a provável falta de material humano. É só o que falta acontecer, se não acreditam em tal possibilidade, o tempo nos dirá quem tem razão.

 

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS