EREMITA A BREVE/ Por Sérgio Jones

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Veadora Eremita Mota (PSDB)

Vereadora Eremita Mota (PSDB) se utilizou da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta segunda-feira (23), tendo como objetivo explicar o inexplicável. A decisão em aceitar o convite feito pelo prefeito de direito e não de fato Colbert Martins (em fim de mandato), para que assumisse a pasta da Educação.

Muitos estão considerando a decisão da vereadora como nada sábia. A reeleição do prefeito em exercício é muito duvidosa.

Ao não se reeleger colocará em risco a posição da vereadora, a sua nomeação poderá ter uma das permanências mais curta da história. O povo já está denominando-a como “Eremita a Breve”.

Se utilizando da mesma conversa fiada em que a maioria dos políticos fazem profissão de fé, a legisladora diz ter aceito o cargo após ouvir o partido dela, entre outras firulas. Que já não convence a mais ninguém, exceto a quem profere tais impropérios. Impropérios sim, pois tudo não deixa de ser um grande engodo.

Em seguida faz promessas que jamais se cumprirão: reestruturação de toda rede escolar, transformando escolas em unidades de tempo integral. Conclui dizendo que transformará a educação, não explicou se para melhor ou para pior.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

OUTRAS NOTÍCIAS