Tempo - Tutiempo.net

Governo diploma mais 591 novos técnicos de nível médio

Rui Costa entrega diplomas a 591 técnicos

Mais 591 novos técnicos de nível médio foram diplomados pelo Governo do Estado, no final de semana, nos municípios de Guanambi (sudoeste), Cruz das Almas (RMS), Senhor do Bonfim e Capim Grosso (centro norte).

Ao todo o Estado está formando, na Bahia, 10.459 técnicos de nível médio, que concluíram os cursos em 2015. As formaturas são um marco para a vida dos jovens e trabalhadores que estão aptos a exercer suas profissões e ter uma inserção cidadã no mundo do trabalho.

É o caso de Flávia Pires, diplomada técnica em Enfermagem, no Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) Piemonte da Diamantina, em Capim Grosso, a 272 quilômetros de Salvador.

“Sempre gostei da área de saúde, e vejo no curso técnico em Enfermagem, que é muito bom, uma oportunidade devido à necessidade deste profissional na minha região”.

Apostando na demanda do município de Guanambi, onde mora, Idália dos Santos, optou por fazer o curso técnico de nível médio em Segurança do Trabalho, no Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde e Gestão (Ceep).

“A área de energia renovável emprega muitos profissionais de Segurança do Trabalho. Aqui, no município, este setor é crescente”.

Edson Souz, formado técnico de nível médio em Informática, também comemora a escolha profissional. “Desde cedo tive contato e algum conhecimento na área de informática.

Escolhi essa área tanto por afinidade quanto por acreditar no campo de atuação profissional”. Ele se formou no Cetep Recôncavo II Alberto Torres, em Cruz das Almas.

A diretora da Superintendência de Desenvolvimento da Educação Profissional do Estado da Bahia, Cristina Kavalkievicz, aponta a importância desses profissionais de Educação Profissional para o Estado.

“Mais do que um momento de alegria para todos nós, é o coroamento de uma realização muito importante na vida dessas pessoas. A partir daí, o nosso egresso se apresenta ao mundo do trabalho com uma formação técnica profissional. Isto é um grande diferencial, que abre possibilidades reais de inserção e, consequentemente, contribui no desenvolvimento socioeconômico do nosso Estado”.

Educação Profissional

Mais de 55 mil estudantes da rede estadual da Educação já concluíram o curso técnico de nível médio em toda Bahia desde 2010.

Com a formação, jovens e trabalhadores estarão aptos para atender e se beneficiarem das demandas geradas pelo desenvolvimento socioeconômico e ambiental da Bahia, podendo, desta forma, permanecer nos seus locais de origem.

A Rede Estadual de Educação Profissional da Bahia é a segunda maior do País na oferta de cursos técnicos de nível médio entre as redes estaduais, atrás apenas do Estado de São Paulo.

Secom

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS