Tempo - Tutiempo.net

Igreja Universal afirma: quem é cristão não vota na esquerda. Pode roubá-lo?

Edir Macedo, líder da Igreja Universal, “abençoa” Bolsonaro

Um texto publicado pela Igreja Universal do Reino de Deus, na segunda-feira (24), diz aos fiéis que quem é cristão não pode votar em partidos de esquerda. O artigo é assinado pelo bispo Renato Cardoso e foi publicado no site oficial da instituição evangélica.

“Pergunta-se: mas os bispos e a Igreja podem se tornar milionários explorando a Fé e  o próprio Jesus Cristo, pelo saque que realiza nos seus obreiros?  São verdadeiros assaltantes do povo. Bandidos travestidos de falsários. (CLJORNAL)”

A Universal é comandada por Edir Macedo, que apoia abertamente o presidente Jair Bolsonaro (PL). Em anos anteriores, a Igreja chegou a apoiar Lula e Dilma, políticos de esquerda.

Segundo o texto, os seguidores da esquerda são os responsáveis pela polarização política porque eles se “travestem de defensores do povo” quando querem repetir “fórmulas desgastadas e ineficazes”. O texto também afirma que a esquerda apoia “regimes ditatoriais”.

 Ainda segundo a publicação, os cristãos não podem votar na esquerda porque itens como família e crença seriam colocados de lado.

“A esquerda prega contra o casamento convencional e incentiva a liberdade do uso de drogas”.

O texto também afirma que os esquerdistas desejam que a sociedade fique doente para que eles possam salvar o povo usando um tipo de “assistencialismo manipulador”.

“É vergonhoso como tentam inverter os papéis. Eles manipulam a Fé das pessoas radicalizando-as em defesa dos seus interesses, torndo-se ditadores de suas vidas. CLJORNAL”

“Os governantes da esquerda gostam de mentir para implantar ditaduras que vão perseguir quem é cristão. Se você se diz cristão e ainda vota na esquerda, há apenas duas possibilidades: ou você não segue realmente os ensinamentos do cristianismo, ou os segue e ainda não entendeu o que a esquerda é verdadeiramente”, diz o texto.

“Canalhocratas. A esquerda é a luz que Jesus Cristo nos indicou. Vocês, proporsitalmente esquecem que: Ao ler  o  evangelho de Lucas podemos perceber que a manifestação de Jesus Cristo na Terra foi muito além do aspecto espiritual e atingiu todas as condições da vida humana, incluindo a esfera social. Sabemos que Jesus Cristo pregou e defendeu o cuidado dos pobres e foi ao encontro dos necessitados, dos carentes, dos marginalizados da sociedade judaica. O que queremos afirmar é que a manifestação do Reino de Deus na Terra é o obejetivo mais profundo que deve existir nos defensores da Fé e para os cristãos, deve ser o cuidado com os pobres. No entanto, o que se identifica na maioria  das igreja brasileira, principalmente na IURD é o fechar de olhos para esse ensinamento, a pedra angular da prática cristã, CLJORNAL”

O texto do bispo Renato Cardoso, foi constestado nas redes sociais pelo  pastor evangélico Henrique Vieira.

“A bancada evangélica é em sua imensa maioria contrária aos interesses do povo, e por isso automaticamente contrária aos direitos do Cristo, do Evangelho de Jesus. Ela se alinha à bancada da bala, à bancada do agronegócio, faz uma política fisiológica, populista e voltada para os seus próprios interesses. Faz uma política corporativista, elitista, alinha à lógica da política liberal que massacra o povo e retira direitos, que aprofunda a desigualdade social, ou que maltrata os trabalhadores. A minha avaliação é de que, num quadro geral, trata-se de uma bancada ultraconservadora, antiética, antipovo e contrária aos princípios do Evangelho de Jesus”, diz.

“Se ser cristão significa crer no Cristo, se ser cristão significa atualizar a vida de Jesus, dar testemunho da vida de Jesus, humilde e corajosamente eu digo que não. Jair Bolsonaro não reflete a lógica do Cristo. Não reflete a lógica do Evangelho, muito pelo contrário. Agora, do ponto de vista institucional e hegemônico, de um cristianismo colonial e colonialista, violento, desse cristianismo sem Cristo, sim, Bolsonaro é a representação desse cristianismo sem Cristo. Bolsonaro é um cristão deste cristianismo que mataria Jesus”, acrescentou.

RPP/cljornal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS