Tempo - Tutiempo.net

IGUALDADE MAÇÔNICA/ POR CARLOS LIMA

Igualdade

No dicionário abreviado da Maçonaria, em sua página 266, encontraremos a seguinte definição sobre igualdade:

“Igualdade, uma das três palavras que formam o lema Maçônico. A Maçonaria reconhece que todos os homens nascem iguais e as únicas distinções que admite são o mérito, o talento, a sabedoria, a virtude e o trabalho”.

Podemos deduzir que: riquezas e roupas não produzem igualdade o que faz os homens iguais são as virtudes.

A igualdade é o amor em uma democracia que prega, responsavelmente, o respeito a vida e a felicidade de sua espécie, não prospecta a ambição e se envergonha quando vê seu semelhante abandonado na sarjeta.

A Igualdade Maçônica também consiste em não levar em consideração o poder financeiro dos homens e seus privilégios sociais no mundo considerado profano.

Ser milionário ou bilionário não lhe dá direito, na Maçonaria, a posições especiais.

O seu entendimento e prática devem ter como finalidade a felicidade da humanidade, em contribuir permanentemente na produção de condições para melhorar a qualidade de vida do ser humano.

Na Maçonaria facilmente detectamos esses princípios quase na maioria dos seus obreiros, o que lamentavelmente não observamos no mundo profano.

A unanimidade é utópica em todos os segmentos da sociedade.

Como também encontramos fora da Maçonaria homens que seriam grandes Maçons, o contrário, nós encontramos aqui. Igual a Igreja, que é santa e pecadora.

Entretanto, na realidade, jamais devemos desconhecer que a maioria das riquezas acumuladas foram conquistadas por ações desonestas.

Exploraram e sacrificaram desumanamente os mais humildes, que foram impiedosamente roubados pela ganância e exploração do homem pelo próprio homem.

Carlos Lima – MI

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS